07 Apr

Resenha HoN Br Site: Fury

furyFURY – NOVAS ESPÉCIES LIVRO 1

Autora: Laurann Dohner

Sinopse:

Ellie é uma enfermeira e fica horrorizada ao descobrir que a companhia farmacêutica para qual trabalha – as Indústrias Mercile – tem feito experimentos genéticos ilegais. Os cientistas combinaram DNA de humanos com o DNA de animais, criando uma nova espécie: seres humanos mais fortes e desenvolvidos. Um desses “experimentos”, o prisioneiro 416, captura o coração de Ellie enquanto ela tenta salvá-lo.

Fury – como o 416 também é conhecido – nunca conheceu compaixão ou amor. Ele passou a vida inteira em uma cela, acorrentado e sofrendo abusos. Ellie, a única mulher em quem ele confiou, o traiu, e agora Fury está livre e à procura de vingança. O ex-prisioneiro jura acabar com a vida da enfermeira que o salvou, contudo, quando ela finalmente está em suas mãos, a única coisa que Fury não quer fazer com esta mulher pequenina e sexy é machucá-la.


RESENHA LITERÁRIA

Atenção: Conteúdo do livro indicado para maiores de 18 anos

Quando o DNA humano é misturado com o DNA de animais, eis que surge uma NOVA ESPÉCIE. Seres com aparência e habilidades singulares. Criados para serem extremamente resistentes, eles são mantidos presos, e testados constantemente. É justamente em uma das unidades dessa empresa, a Mericle, que Erin vê Fury.

Depois de descobrir sobre os maus tratos sofridos pelos Novas Espécies, Erin decide ajudar a desmascarar essa empresa e liberta-los o mais rápido possível. Para que isso aconteça, ela tem que conseguir os documentos que mostram tudo que é feito lá, além conter a localização de outras unidades. Seu desejo de ajudar fica ainda mais forte depois que ela coloca os olhos em Fury. Portanto fará o que for preciso, para que ele consiga se livrar daqueles que só querem seu mal, mesmo que isso envolva colocar a culpa nele pela morte de um dos técnicos do laboratório.

Homeland, este é o refúgio seguro onde os Nova Espécie podem usufruir da liberdade. E Erin, não poderia estar mais feliz em poder ajudar e ensinar sobre os costumes humanos para as fêmeas que eram trazidas para sua unidade. Como governanta, era sua missão fazer com que se sentissem bem e seguras no seu novo lar. Porém, apesar das inúmeras horas de trabalho e do tempo ter passado, ela nunca deixou de se perguntar o que tinha acontecido a ele.

O reencontro dos dois acontece justamente numa das reuniões feitas em Homeland. Extremamente furioso, Fury mal consegue controlar seus instintos ao rever a mulher que o tinha “traído”. É neste contexto, que começa a se desenrolar o romance entre estas duas pessoas, tão diferentes fisicamente, e cuja força dos sentimentos será tão intensa a ponto de  começarão uma verdadeira reviravolta na história.

Neste livro começamos a entender como os Nova Espécie pensam e agem, o que os motiva, e tudo o são capazes de fazer quando algo ou alguém ameaça a vida da sua companheira. Por parte dos humanos, conseguimos começar a visualizar o quanto intolerantes e egoístas, eles são capazes de ser.


Numa leitura rápida e dinâmica, a autora consegue manter o leitor preso na trama, ou vez que as reviravoltas sempre acontecem e seus desfechos podem ser surpreendentes. A forma de abordar os personagens durante o livro nos deixa ainda mais curiosos para saber quem será o próximo a se apaixonar, e as surpresas que o futuro pode trazer, pois nem sempre elas podem agradáveis. Série mais que recomendada. E, após falar com a editora através do facebook, já posso dizer a vocês que o próximo livro será de Slade e que será lançado no mês de Junho. Leitura recomendada para maiores de 18 anos. Até a próxima resenha.

Share this