28 Apr

Resenha HoN Br Site: Para Sempre – A História Que Inspirou o Filme


para semprePARA SEMPRE – A HISTÓRIA QUE INSPIROU O FILME

Autores: Kim e Kricktt Carpenter

SINOPSE: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a “Krickitt” com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Para Sempre é uma história verdadeira sobre a reconstrução de um casamento depois de um evento traumático que poderia ter feito a maioria das outras pessoas desistir, mas que para eles foi a chance de um novo começo.


RESENHA LITERÁRIA


Diferentemente dos livros resenhados anteriormente aqui no site, Para Sempre, é uma história real sobre amor, romance, almas gêmeas, e a determinação para reconstruir os laços entre estas duas pessoas. Uma verdadeira fonte de reflexão e inspiração cada leitor que navegar pelas suas páginas.

Kim e Krickitt se conheceram de uma forma bem diferente. Ela era representante do serviço de atendimento ao consumidor de uma loja de esportes, e ele era treinador de um time de beisebol que desejava comprar jaquetas para seu time. Ele  gostou bastante da voz e da atenção que ela lhe deu durante o telefonema, por isso, logou constantemente para a loja para fazer novos pedidos e conversar com ela. Após uma troca de telefones, suas conversas foram ficando cada vez mais longas, eles também trocaram suas fotos, então, ele tomou a iniciativa de propor um encontro. Os sentimentos foram se tornando cada vez mais fortes e, seu relacionamento evoluiu rapidamente, eles terminaram se casando.

Contudo, é durante o caminho para visitar os pais de Krickitt que eles sofrem um acidentes quase fatal. Este acidente promove um dano permanente a memória de Krickitt, que se esquece de um período da sua vida, ou seja, ela não se lembra de mais nada a respeito de Kim (quando se conheceram, do namoro e do casamento). A partir deste momento inicia-se a jornada de Kim rumo a reconquista da sua esposa, primeiramente numa tentativa de fazer com que ela se lembre dos momentos que eles viveram, e depois construindo uma nova história com a mulher da sua vida.

Cada erro, cada acerto e cada decisão tomada pelos personagens possibilita ao leitor não só uma reflexão sobre o assunto, como também uma identificação com suas formas de pensar agir e reagir. Por isso, um amor tão forte e seus valores familiares devem ser transmitidos para (e por) cada leitor. Que todos se sintam tocados de alguma, ou de várias formas, assim como eu me senti após esta leitura.

Um livro estruturalmente pequeno (são apenas 144 páginas), que faz o leitor se emocionar desde a primeira até a sua última página. Ao longo de todo o livro, é possível perceber várias notas de rodapé, explicando algumas expressões locais e científicas utilizadas ao longo da história, facilitando bastante a interpretação do momento.

Eu não poderia deixar de comentar a capa belíssima, que transmite carinho, cumplicidade e acima de tudo, uma ligação entre olhos, corpos e almas. O filme baseado nesta obra entrará em cartaz nos cinemas durante o primeiro semestre deste ano. Além disso, cada capítulo vem com subtítulo relacionado ao momento vivenciado por Kim.

Vou finalizar esta resenha com duas falas de Krickitt, e uma de Kimmer. Que esta história também seja uma fonte de inspiração para cada um de vocês!! Recomendadíssimo para todos. Até a próxima resenha. 😉

Krickitt – “O dia de hoje finalmente chegou, o dia em que lhe darei minha mão em casamento. Eu me sinto honrada em ser sua esposa. Sou toda sua Kimmer. E eu amo você.”

Krickitt – “Eu voltei a conhecer a minha alma gêmea, meu companheiro para a vida toda.”

Kimmer – “Essa história não é sobre mim, e também não é sobre Krickitt. É sobre a fé, e como ela nos guiou desde uma época terrível até uma vida que é melhor do que jamais poderíamos ter imaginado. É sobre o comprometimento.”

Share this

Leave a reply