19 Jun

Resenha HoN Br Site: Sirensong – O Perigoso Chamado da Rainha (Série Faeriewalker livro 3)



sirensong


SIRENSONG: O PERIGOSO CHAMADO DA RAINHA – SÉRIE FAERIEWALKER LIVRO 3)

Autora: Jenna Black

SINOPSE: Sirensong é o terceiro livro da série Faeriewalker. Neste volume, Dana é convidada a ir a Faerie para ser oficialmente apresentada à Corte Seelie. Porém, Titânia, a rainha, a quer morta. O convite não pode ser recusado e Dana, seu pai e seus amigos rumam a uma viagem cercada de perigos, ataques, ameaça e medo. Será que ela conseguirá vencer esses desafios? Uma saga surpreendente, recheada de aventuras e romance.




RESENHA LITERÁRIA

 

Em Sirensong, o terceiro livro da série Faeriewalker, continuamos a acompanhar as aventuras de Dana, após a sua chegada em Avalon. Como uma Faeriewalker, ela consegue ver o mundo mortal e a o reino de Faerie através de Glimmerglass, uma espécie de névoa que mostra uma imagem sobreposta dois lugares ao mesmo tempo. Essa rara habilidade permite que Dana leve objetos do mundo mortal para Faerie e magia ao mundo humano e comum. Isso faz com ela seja uma pessoa temida, tanto pelos integrantes das cortes Seelie quanto dos pertencentes aos Unseelie (os dois reinos que compõem o reino de Faerie).

Foi durante uma festa em Avalon que o príncipe feérico Hanry (filho da rainha titânia da corte Seelie), “convidou” Dana e seu pai para uma visita ao castelo da rainha (onde Dana será “apresentada” oficialmente a corte). Sem ter como rejeitar o convite, Dana parte de Avalon rumo à Faerie junto com seu pai e amigos (Keane, Finn, Kimber e Ethan).

O clima bastante tenso entre Henry e Seamus (pai de Dana) não ajuda em nada durante a longa viagem até o castelo. É bastante visível o desagrado do príncipe ante a presença de Dana e de seu pai. O grupo enfrente uma série de problemas até sua chegada ao palácio da rainha.

Um das coisas que eu não posso deixar de destacar são as descrições das paisagens e a grande ligação que o povo de Faerie tem com a terra. Um dos exemplos disso é a Dama Verde, cuja participação tem um importância vital na jornada de Dana.

Neste livro, existe uma maior quantidade de suspense do que nos demais. A cada novo perigo vencido, ficamos nos perguntando como Dana escapará da próxima emboscada. Erkling – o líder supersexy dos cavaleiros – também tem uma participação que interfere diretamente na sobrevivência e nas escolhas de Dana. Uma nova personagem também aparece para deixar as coisas ainda mais emocionantes, ela se chama Elizabeth, e vai desempenhar uma papel muito importante no decorrer desta história.

O relacionamento entre Dana e a mãe, também é dos grandes pontos que merecem destaque nesta resenha, pois os conflitos, as mágoas e as expectativas vêem à tona quando elas tem que se separar por conta da viagem para Faerie. O amadurecimento e a forma de pensar diferenciada da personagem principal são visíveis principalmente pelas escolhas tomadas e pela sua forma de raciocinar e chegar a conclusões (levando em consideração as vantagens e desvantagens de determinada atitude, do ponto de vista de cada pessoa envolvida na situação em questão).

Um livro recheado de novidades, aventuras, piadas, fortes emoções e novos relacionamentos. Dentre todos os livros da saga lançados até o momento, posso afirmar com toda a certeza que este foi meu favorito. A leitura foi bem rápida (levei 2 dias para terminar). Estava muito curiosa para saber o que aconteceria a seguir. Eu não poderia terminar esta resenha sem comentar que a ilustração da capa (as pétalas de rosa nas cores branca e vermelha) está relacionada diretamente um dos momentos de maior suspense do livro ;D Recomendadíssimo para todas as idades!! Tenham uma ótima leitura e até a próxima resenha.

Share this

Leave a reply