16 Apr

Resenha Marcada: Blog Baby Suh Fanfiction

Marcada BrasilOs adolescentes que são Marcados são levados para uma casa afastada da cidade, onde aprenderam o que se julgam ser sugar sangue e se tornar um monstro por completo, onde sua alma será levada para o inferno e nunca retornará. Vendo-se de dentro desta situação, a coisa muda de figura, completamente. A Morada da Noite, uma escola para vampiros, não é exatamente como sua fama diz. É uma escola praticamente normal, onde os adolescentes que foram marcados aprendem a esquecer a vida que viviam antes, e compreender o verdadeiro sentido de ser Marcado. Eles mesmos terão que aprender, acima de tudo, a compreender seus próprios preconceitos anteriores.

Com Zoey Montgomery os acontecimentos não foram diferentes. Ela consegue entender perfeitamente o que acontecesse neste mundo sobrenatural, que julgou ser um lugar apenas para monstros. Fora Marcada, por um rastreador, quando estava conversando com sua, até então, melhor amiga. Logo no primeiro momento, ela vê o preconceito atingi – lá como uma bomba atômica. Pior, vindo diretamente de sua “amiga”.

Sua vida se transforma diante de seus olhos, e agora há uma marca em sua testa – concedida pela Grande Deusa Nyx -, significando que a marca a fez especial, mostrando que os seus poderes são muito fortes para alguém tão jovem. Zoey terá que esquecer por completo a vida que viveu a vida inteira – amigos, o namorado, a família: que inclui um padrasto hipócrita, uma mãe submissa e dois irmãos problemáticos. E terá que entender que aquela não é mais a sua vida. Seu destino não está no mundo dos humanos, sim no mundo sobrenatural, dos vampiros – e logo ela conseguirá compreender isso.

Todos os problemas que pensava ter sido deixados para trás não se comparam aos novos desafios que terá pela frente, em sua nova vida como Zoey Redbird; a jovem sacerdotisa de Nyx, que possui os cinco elementos: Ar, Fogo, Água, Terra e Espírito, o qual mais ninguém nunca possuirá. Zoey tem mais ligação com o elemento Espírito, e isso significa muitas coisas, basta tentar compreender as pistas indicadas por algo maior.

Zoey encontra ao longo de sua história personagens inesquecíveis, como sua melhor amiga e colega de quarto, Stevi Rae – com seu jeito meigo e único de ser e seu jeito engraçado de falar, com calças retas e botas de cowboy, que diverte a todos. Encontra as denominadas gemias, Erin e Shaunee, que apesar de não possuir nenhuma semelhança física, uma termina as frases da outra. O inesquecível Damien, o amigo mais nerd de todos. É o melhor amigo mais próximo de Zoey, depois de Stevi Rae… Encontra, também, até o que se pode chamar de amor, com Erik Night, o cara considerado mais gato da escola, com sua gentileza e seus olhos azuis, de tirar o fôlego de qualquer uma. Zoey o compara com o Super Homem – o que na realidade, realmente é verdade. Ele tem vários aspectos parecidos, mas não devemos julgar pela aparência. Contudo, Zoey acaba por encontrar um pouco de cada coisa, uma mais agradáveis do que as outras, como: amizade, amor, mentira e inveja em sua longa jornada….

Modo de escrita:

É narrado pela primeira pessoa, pela expectativa de Zoey – que nós ensina a desvendar, juntos com ela, os mistérios do mundo vampirico. A escrita é bem simples e de fácil entendimento, no estilo juvenil. É envolvente – certamente o que qualquer história deve ser – e tem um toque juvenil. E, mesmo que tenha esse toque, como línguagem, a narração é muito detalhada e muito, muito criativa.

Autora: Layra Cristina

Fonte: Blog Babt Suh Fanfiction

Share this

Leave a reply